A mais nova Descoberta!

8 dez , 2016 Minha Grande Aventura

A mais nova Descoberta!

Dia 07/12/2016, a enfermeira entra no quarto e me anuncia que mais 4 eletrodos serão colocados. Levo uma mordida da pulga de trás da minha orelha! Peço pra chamar a médica. As palavras que saem da boca da médica caem no chão abrindo uma rachadura sob meus pés! Juju em 5 horas de exame já tinha tido cerca de 7 alterações no traçado do exame. Convulsão sempre foi um assunto distante, nunca o associei a nenhum comportamento da Juju, até o último domingo, quando lendo o relato de uma mãe querida sobre as crises epilépticas sutis da filha, pensei: “Juju nunca fez nenhum exame que descartasse epilepsia.” Me informei com essa mãe sobre o exame, avisei o pediatra sobre meu desejo de fazer o exame, ele consentiu e na segunda de manhã o exame estava agendado. Nessa mesma manhã acordei me sentindo muito triste. Uma angústia sem explicação. No Pilates a Fisio observou meu abatimento. Durante o jantar, o Raul me olhou e disse: “mãe o que você tem? Você está sempre tão alegre, sorrindo, animada, mas hoje não está assim”. Meu olho esquerdo pulando desde domingo. Na entrevista no início do exame a médica insiste no porque do exame, e eu sem saber explicar, digo que apesar de nunca ter visto nada que pudesse evidenciar alguma crise epiléptica eu gostaria de descartar essa hipótese.Respiro fundo e me lembro de minha oração diária, onde peço a Deus que me ilumine para que eu sempre consiga enxergar as necessidades dos meus filhos e fazer sempre a melhor escolha para eles.
Antes que todo chão se abrisse, olho pra Juju, volto o olhar pra médica e começo a fazer muitas perguntas que se transformam num bate papo intenso!
A médica sai, olho o relógio e vejo que ainda faltam 7 horas até o vídeo eletroencefalograma terminar. “Juju, vamos brincar?”
No carro voltando do hospital, Juju dorme. A culpa, minha fiel companheira, senta no banco do passageiro e começamos conversar. “Será que isso está acontecendo desde que Juju nasceu? E se tivesse sido tratada antes, Juju estaria melhor? Será que essas crises são as responsáveis pelo ritmo do desenvolvimento da Juju ser tão lento? Como uma mãe que está sempre com a filha não percebe que ela tem uma crise que dura um segundo??? Como fui tão relapsa??? Como????” Me falta o ar e eu choro! Vejo pelo retrovisor a minha pequena guerreira descansando e entendo: “Só agora Deus tem certeza que estou pronta pra lidar com isso!”.


2 Respostas

  1. Celia disse:

    Culpa? Nunca!!! Deus te presenteou com a Juju e te prepara cada dia um pouquinho. Quanto orgulho de voce. Amo essa familia. ❤️

  2. Fernanda disse:

    Amiga não exija mais de vc, é impossível ser melhor do que vc é pra Juju, viu? Vc é a melhor mãe do mundo inteiro que a Juju poderia ter!!!!!! ❤️️❤️️❤️️❤️️❤️️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *