Solidariedade

20 fev , 2017 Minha Grande Aventura

Solidariedade

Ouvi e li algumas vezes variações da frase “quanto mais conheço o Homem, mais prefiro os animais”…
Antes de me tornar Mãe da Julia, essa frase passou por mim sem importância nenhuma. Nunca me identifiquei com ela, mas também nunca pensei nela.
Há algum tempo a vi escrita novamente e dessa vez ela me pareceu escrita em neon. Ela pulou da tela. Ela me parou!!! Meu primeiro pensamento: ” como assim? O ser humano é a coisa mais incrível do mundo!!!!! Você ainda não teve a oportunidade de experimentar a solidariedade, nem sendo e nem recebendo”.

Juju tinha 7 meses, era um sábado chuvoso, estávamos em casa. Juju não estava muito bem, estava secretiva e com dificuldade de mamar. Por orientação da Fisio, pedimos oxigênio. Assim que o o técnico instalou o oxigênio, Juju no meu colo começou a gemer e se tornou muito pálida. Comecei uma inalação, e de repente Juju ficou muito roxa… aos berros chamei o Rogério e ao vê-la começou a gritar “socorro, socorro, minha filha”. Ainda não conhecíamos quase ninguém no prédio e nossa vizinha de porta estava viajando. De repente minha casa foi invadida por seres humanos incríveis os quais nunca tínhamos vistos. Um casal levou Raul para casa, privando-o de assistir aquela cena desesperadora onde seus pais estavam apavorados diante de sua irmã quase sem vida! Dois médicos e uma Fisio vizinhos pegaram Juju do meu colo a despiram, a manobraram e a aspiraram. Outras pessoas se reuniram na minha sala e de mãos dadas oravam pela vida da Juju. Uma mulher que eu acabara de ver pela primeira vez, segurava minhas mãos e me dizia palavras de encorajamento e otimismo. Quando a ambulância chegou a equipe médica encontrou Juju estável com suporte de oxigênio. Juju foi para o hospital com o Rogério. Cheguei na casa da vizinha que não conhecia e fui recebida com um caloroso abraço e encontrei Raul tranquilo, sentado no chão da sala brincando com uma adolescente atenciosa e carinhosa. Em casa recebemos a visita de outra vizinha que colocou ela e o marido pediatra ao nosso dispor. Jantamos na casa de um vizinho amigo.
Desde então, uma rede formada por seres humanos espetaculares nos tem permitido experimentar a solidariedade que nos faz transbordar gratidão e amor, nos encorajando a sermos cada dia mais solidários. Fazemos parte de uma grande corrente do bem!!!


4 Respostas

  1. Lembrando como se fosse hoje , emocionei !!!! Gloria a Deus pela vida dela !!!!!

  2. jotabelima.me disse:

    O ser humano é a coisa mais incrível do mundo!!!!! Você ainda não teve a oportunidade de experimentar a solidariedade, nem sendo e nem recebendo”. não sejamos um extraterrestre somos assim mesmo seres humanos alguns mais humanos que outros mas somo sere …
    Parabéns pelo seu texto .

  3. Elaine Minatel de Castro disse:

    Relato emocionante! Realmente precisamos valorizar essas pessoas iluminadas, elas existem sim.

  4. Renata líbia disse:

    Incrivelmente emocionante Dre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *